Por que gosto de ler Alta Fantasia?

O termo alta fantasia foi criado em 1971 em um ensaio de Lloyd Alexander que falava sobre fantasia e romances épicos. A partir daí, este ...


O termo alta fantasia foi criado em 1971 em um ensaio de Lloyd Alexander que falava sobre fantasia e romances épicos. A partir daí, este sub-gênero da Fantasia foi tomando forma e sendo melhor categorizado. A Alta Fantasia tem algumas diferenças em relação à Fantasia “normal” e vou tentar explicar um pouco sobre ela.

Porque o mundo criado na Alta Fantasia começa do zero
Na Alta Fantasia, o mundo criado pelo autor é totalmente diferente do nosso mundo, ou "mundo primário" como é chamado, e tudo é criado do zero. Este mundo segue suas próprias regras, e tem uma coerência interna, um funcionamento próprio, e permite ao escritor brincar de ser Deus. 
Na Fantasia, o mundo da estória é o nosso, ou seja, segue as regras e funcionamento que já estamos acostumados, apenas com a adição de alguns elementos mágicos.

Porque as estórias de Alta Fantasia são épicas
O estilo épico pode servir para qualquer manifestação artística, de fotografia à poesia. No caso da literatura, quando dizemos que uma estória é épica, significa que ela: 1) é, no mínimo, uma trilogia; 2) o lapso de tempo da estória compreende um período que engloba séculos e eras; 3) precisa ter um background aprofundado e um mundo criado (que é o tópico que descrevi anteriormente). 
Como consequência, toda literatura de Alta Fantasia é épica, pois a Alta Fantasia tem estas características de enredo. 

Porque inclui vários elementos fantásticos
Por ser mais extensa e detalhada, a Alta Fantasia permite a inserção de diversas criaturas fantásticas e mitológicas no seu enredo, diferente da Fantasia, que precisa se focar em menos elementos. Por isso, é na Alta Fantasia que teremos o encontro fascinante de elfos, dragões, fadas, ogros, goblins, gigantes, demônios, anjos, sacerdotisas, e assim por diante. Além disso, a Alta Fantasia pressupõe que estas criaturas já convivem e vivem de acordo com as regras daquele mundo, e cada autor irá inventar como são estas relações, dependendo do mundo que ele criou. Ou seja, as possibilidades de imaginação e criatividade são infinitas.

Porque os heróis se desenvolvem aos poucos
Normalmente, na Alta Fantasia, o protagonista da estória - seja masculino ou feminino - precisa passar por várias provas e dificuldades para descobrir o seu valor ou o seu dom e, posteriormente, fazer algo útil com ele. Geralmente, o herói erra, se engana, tropeça e faz muitas besteiras ao longo do seu processo de amadurecimento, tornando-se mais acessível para o leitor e despertando uma maior empatia. Ele não está pronto, assim como qualquer um de nós, e isso cria vínculos.

Porque existe uma Quest
Quem joga RPG sabe o que são as quests, mas para quem não sabe: Quests são jornadas que o protagonista precisa percorrer para encontrar alguém ou algum objeto mágico e poderoso para resolver um problema ou uma situação que coloca aquele mundo em perigo. Durante sua quest, o herói precisa reunir pessoas e recursos para resolver o tal problema e ganhar sabedoria, energia, força, inteligência, etc. para sair vitorioso dela. Na Fantasia, é claro que o herói também tem um objetivo a cumprir na estória, mas normalmente este objetivo requer menos tempo, menos recursos e menos pessoas, tendo uma escala reduzida de dificuldade e poder.

Abaixo, uma lista dos livros de Alta Fantasia que já passaram por aqui:

Posts Relacionados

Comente com o Facebook

2 comentários

  1. Posso dizer que me apaixonei pelo post? Obrigada por ele, aliás. Eu não sabia que existia esse termo, "alta fantasia", e gostei m-u-i-t-o de entender o que a diferencia da "fantasia normal". As Brumas de Avalon entram nessa categoria, né? Porque eu pensei nos livros enquanto fui lendo seus tópicos haha.
    Gostei da ideia de falar sobre um gênero e explicá-lo em tópico, me deu a ideia de fazer sobre Young Adults, que é o gênero que mais leio <333 Vou procurar mais sobre o gênero e tentar escrever :)
    Obrigada pela ideia! <3 (Se eu o fizer, vou citar seu nome lá, claro!).

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Brumas" não é Alta Fantasia, porque o mundo da estória não começa do zero e nem é totalmente criado, pois se baseia nas lendas do Rei Arthur e em alguns fatos históricos reais.
      Fiquei tão contente que este post inspirou um pra você! Iei! \o/

      Excluir